Costa da Caparica - Praias para todos os gostos e feitios...(1/2)


Mês de Agosto, mês das grandes férias de verão, faz-nos recordar momentos do tão desejado verão, que este ano tarda em surgir, nos quais caminhar até à praia é rotina diária matinal e de final de tarde!


Estas caminhadas ainda são das nossas férias de verão de 2017 na Costa da Caparica. Porém, com o vento moderado a forte que se tem feito sentir neste ano (2019), estar na praia não deve ser muito agradável, recordando um final de tarde, com algum vento na Costa...:



É precisamente sobre a Costa da Caparica que ainda faltava publicar um artigo que ficou até agora na gaveta, ou melhor, nos rascunhos a elaborar! :) O tema é invariavelmente sobre as praias da Costa da Caparica.


Uma pequena curiosidade: o tema inaugural deste blogue, a 12 de março de 2018, foi um conjunto de posts sobre a Costa da Caparica, não podendo ficar de fora este tema tão querido dos portugueses: a praia! :) Sim, este blogue já tem quase 1 aninho e meio! Ainda é um bébé...



Bem, retomando o tema principal, devo dizer que apesar de nem todos os caminhos nos levarem à Costa da Caparica, há muitos caminhos para chegar às praias da Costa da Caparica, seja de comboio, carro, autocarro, cacilheiro ou até Transpraia...

Existem muitos veraneantes de Lisboa que se aventuram de carro para frequentarem estas belíssimas praias. Não foi engano, disse que se aventuram, porque são muitos que escolhem este destino tão apelativo e ali tão perto para passar excelentes momentos à beira mar... só que, antes de lá chegar, há que ter muita paciência no trânsito que literalmente entope a nossa querida Ponte 25 de Abril, e ainda por cima, tanto na ida como no regresso... :)

Ora, esses problemas conseguímos evitar, ficando alojados por uns dias na Costa.


O primeiro dado a reter é que a Costa da Caparica, está invariavelmente associada à praia! Daí não se estranhar que também é conhecida por Praia do Sol. Chegou a ser apelidada de Algarve dos pobres de Lisboa. Porém, há muitos que preferem a Costa da Caparica ao Algarve, pela proximidade, pela existência de ondas e o menor número de turistas, e claro, por nostalgia e saudade dos tempos passados.

Apesar dos muitos posts que já publicamos acerca da Costa da Caparica sobre os mais diversos temas, Costa da Caparica rima com Praia! Óbvio, dizem vocês!

Quando se fala na Costa, a imagem que nos surge é a extensão de praias em série, estando as primeiras separadas por esporões, e as seguintes de uma forma mais natural...


Desde os finais dos anos 50 do século XX, tem havido várias investidas das marés na praia da Costa, deixando para trás muita destruição, pelo que a solução encontrada, para proteger o areal e a própria cidade, passou pela construção de um conjunto de esporões, que passou a marcar a paisagem desta extensa linha de praias.


Aliás, à semelhança de muitas outras praias da nossa costa, o desaparecimento do areal tem sido um problema, mais notório nas praias a norte da Costa da Caparica, junto à foz do rio Tejo, que se tem tentado combater precisamente com a construção dos esporões e a reposição da areia, por vezes noticiada no telejornal, assim como a construção do próprio paredão. Existem praias, principalmente as praias urbanas, cujo areal praticamente desaparece, durante as marés altas, noutras esta situação não se verifica.

A linha de costa estende-se ao longo de cerca de 20 km, sendo a praia mais a norte a praia de São João da Caparica, e a praia mais a sul a praia da Fonte da Telha, caracterizando-se por terem areia branca e fina. Acima da praia de São João da Caparica, fica a Praia da Cova do Vapor. Se querem saber mais sobre esta zona, aconselho-vos a consulta do nosso artigo ">>>> Cova do Vapor, Trafaria - A não perder...". Toda a linha de praias contínuas da Costa da Caparica tem a constante companhia da Arriba Fóssil da Costa da Caparica.


Praias Urbanas e Remotas - É só escolher...

Entre estas duas praias que limitam as praias da Costa da Caparica, existem dezenas de praias que fazem parte desta famosa estância balnear. Existe um conjunto de praias, junto ao centro da cidade da Costa da Caparica, acessível a pé, assim como outro conjunto de praias mais afastadas do centro urbano, sendo a forma mais cómoda de lá chegar de carro, ou então, pelo menos uma vez no Transpraia ">>>> Viagem de ida e volta no mítico Transpraia", que só funciona nos meses de Verão, e a preços pouco convidativos.

Umas são frequentadas por serem mais centrais, outras por proporcionarem mais espaço e privacidade no areal. É curioso verificar, que apesar das praias da costa estarem lado-a-lado, oferecem experiências diferentes. Cada praia tem um ambiente específico, onde todos encontram a sua preferida. Desta forma, há praias para todos os gostos!


Nós não fomos exceção! Elegemos a nossa praia urbana favorita e a praia remota favorita! Que luxo!

Como praia urbana conseguiu-nos conquistar a Praia do Dragão Vermelho. Quando não queríamos pegar no carro, mas simplesmente pegar na toalha, de chinelos no pé, e ir até à praia, acabámos quase sempre por ir a esta praia. Esta foi para nós a praia urbana de eleição na Costa da Caparica. Os meus filhos acharam piada a este nome, como também ao nome Tarquínio.

A praia do Tarquínio-Paraíso, é vizinha do Dragão Vermelho. Nós optámos pela última, visto a primeira considerarmos mais concorrida, por se encontrar de frente para a mítica Rua dos Pescadores. Para quem está ávido de esticar a toalha e quer poupar nos passos, opta sem pensar duas vezes pela praia do Tarquínio, registando a mesma maior afluência.

Curiosidade a referir, é que esta praia tem acolhido as últimas 4 edições do "Caparica Surf Primavera Fest", festival que reúne a música e o desporto. Devido a mudanças na organização, passou-se a designar este ano (2019) por "Caparica Surf Fest". Apesar de ter perdido a palavra "Primavera" no seu nome, continua a ser realizado na primavera... pelo menos até ver...


Como praia remota ficamos rendidos tanto à Praia da Sereia, como à Praia da Princesa, não tendo explorado todas as praias... são tantas...


A Praia da Princesa, partilha o parque de estacionamento com os veraneantes da Praia do Rei.


Assim como a Praia do Rei, também conhecida pelo nome de Hula Hula, a Praia da Sereia, também é muito conhecida pelo nome de Praia Waikiki, referindo-se em ambos os casos aos restaurantes de praia nestes locais.


Aliás, muitas praias vigiadas passaram a designar-se de acordo com o nome dos respetivos concessionários, causando aos menos familiarizados, por vezes, alguma confusão.

Existem muitos restaurantes e bares de praia que têm tanta fama, cujas praias passaram a designar-se pelo nome do concessionário. Na Costa da Caparica existe realmente uma grande variedade de restaurantes e bares que são muito conhecidos.


Uma curiosidade a referir sobre a Praia Waikiki, é que esta recebeu em 2016 e 2017 as primeiras duas edições do festival de música electrónica de praia, em Lisboa, "Les Plages Électroniques", festival que nasceu em Cannes. Entretanto, penso que não houve mais edições por aqui...

A usufruir ao máximo das nossas Praias Remotas de eleição


Nós gostámos de ter a praia por nossa conta, quem não gosta.


Quando pretendíamos fazer praia com mais espaço, e com menos construções à volta, pegávamos no carro, e quase sempre vínhamos parar a estas praias. Apesar de saber que pegando no carro, a Costa tem muitas praias para oferecer...


Mas já devem saber como é: quando se torna hábito, a malta já conhece e o objetivo é puro e simplesmente descontrair, descansar, aproveitar... opta-se pela aposta mais segura...



Falando dos acessos às Praias Remotas da Costa até 2019... 2020 traz mudanças



Bom, como já referi, o acesso às praias remotas, ou seja, às praias mais distantes do centro da cidade da Costa da Caparica é feito de Transpraia ou de carro.


De Transpraia os inconvenientes são: (1) de ser caro para usar diariamente e (2) do terminal de partida estar sediado na Praia da Saúde, ou seja, um pouco distante do centro da cidade da Costa.


De carro temos ter espírito aventureiro, não olhando ao pó! :) Pelo menos por enquanto...


Pois de carro, o acesso às praias faz-se por estradas de terra batida, levantando tanto pó, que o melhor é ir de janelas fechadas, para não sermos assolados por um ataque de tosse alérgico aos kilos de pó de areia....


Se não se importarem com este pequeno inconveniente, então esta será com certeza a opção certa. E pensando melhor, os carros cheios de pó de areia da praia, fazem parte da imagem de marca dos veraneantes, e do dolce far niente...sabendo que no final da época balnear terá de haver uma boa lavagem de carro, para voltar a descobrir a cor do mesmo....


Mas pelo que tem surgido nas notícias, este cenário poderá estar a mudar já no próximo ano. Pretende-se renovar os acessos, tanto o principal como os secundários, a 6 praias da Costa, incluindo também os respetivos parques de estacionamentos. Estes depois desta intervenção passarão a ser pagos...


As obras de requalificação desta 1º intervenção nas praias do Rei/da Princessa e da Bela Vista já iniciaram, estando nesta altura suspensas, para não interferirem negativamente com o grande fluxo de veraneantes nesta época balnear. Também serão abrangidas as praias da Morena, da Sereia, do Infante e da Nova Vaga.


Um aspeto muito positivo, do meu ponto de vista, é os acessos passarem a incluir também uma via pedonal. Penso que também passarão a existir ciclovias e um via de emergência... Atualmente, em caso de emergência, pelo que li, mas nunca assisti, é que os meios de emergência têm de se deslocar sobre os carris do Transpraia, por falta de acessos melhores. A partir do verão de 2020 veremos como os acessos evoluíram...wait and see...

Estacionamento ao pé da praia (retrato até 2019, 2020 traz mudanças)

Já agora por referir os estacionamentos, pela nossa experiência que tivemos, o da Fonte da Telha foi uma grande confusão e desorganização. Trata-se de um estacionamento baldio completamente caótico, não voltando mais lá de carro, enquanto não houver uma intervenção séria...à Fonte da Telha, nestas condições, só de Transpraia, ou então em altura de época baixa!

Em contrapartida, há quem prefira o da Praia da Rainha que é partilhado com o da Praia do Oásis, que é pago, oferecendo algum conforto em termos de segurança e evita algum pó das restantes praias.


Como já referi, nós optamos pelas praias da Princesa e da Sereia, sendo os mesmos gratuitos, e não tendo problemas de maior para estacionar.


Mas houve uma situação que nos desagradou e nos entristeceu bastante, reparem só: existe um caixote do lixo, vazio, e o lixo acumula-se à sua volta... sem comentários...


De regresso da praia...



Quem nos segue já sabe que gostamos muito de aproveitar a praia até ao pôr do sol, mas não na hora do calor...


Evitámos ao máximo as horas de maior calor. Acontece-nos muitas vezes: nós a abalar e a malta a chegar... Mais tardar por volta das 11h30 saímos do areal e vamos tratar do nosso almoço. Regressamos depois à tarde...

↪ A partida é que é por vezes um pouco demorada, na tentativa de remover ao máximo os grãos de areia que insistem em não descolar. O objetivo é evitar carregar areia nos pés, nas toalhas, fatos de banho,... para casa.  :)

Mas nesse ano, pela primeira vez, enquanto nós estávamos na limpeza pós-praia, reparei numa mãe que se sentou próximo de nós: ela sacou de um frasco de pó de talco, e despejou-o sobre os pés, calcanhares, vá lá, pernas do seu filho.... A ver se não me esqueço neste verão de experimentar para ver se resulta... Se não me esquecer, irei partilhar convosco, se o pó talco é milagroso ou não, para esta etapa das limpezas, que considero um pouco aborrecida...


Assim que tiver oportunidade, publico o próximo post ainda sobre este tema das praias da Costa. Até lá! --> Post já disponível em Costa da Caparica - Praias para todos os gostos e feitios... (2/2)

Entretanto, não deixem de visitar este postCosta da Caparica - Praia da Saúde, a junção perfeita entre Cabanas dos Pescadores e a Prática da Arte Xávega!

↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

Já agora, aproveitem e consultem >>>> Costa da Caparica - A não perder...

A visitar nos arredores:


    ↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!


    Comentários