Porto - O belíssimo painel de azulejo da Igreja do Carmo e mais curiosidades (Parte 3/3)



E finalmente, as melhores curiosidades deixei para o fim, porque são realmente singulares! 


Devido à construção da Igreja do Carmo, a torre sineira da Igreja dos Carmelitas foi deslocada, para o outro lado da igreja! Sim, deslocada...! Leva-nos logo a imaginar, como era antigamente a igreja com a sua torre sineira do lado oposto... Mas como se tratam de construções muito simétricas, não se dá conta desta mudança,...
Para a configuração atual deste complexo de igrejas, foi uma escolha acertada mudar a torre, para ficar com um aspeto equilibrado... tão equilibrado, que só à segunda vista se percebe, que se tratam de 2 igrejas e não de 1 só! Esta distinção entende-se, principalmente, pelos estilos diferentes de ambas as igrejas: uma muito mais austera, em comparação com a outra.


O próximo obstáculo à construção da Igreja do Carmo foi ultrapassado, como de costume, de forma brilhante, à moda portuguesa: Como não era permitido ter duas igrejas lado a lado, foi construída uma casa entre ambas as igreja!!! Isso mesmo, uma casa, ou melhor, uma casinha! Essa casa, designada oficialmente como a Casa Escondida, é também conhecida por ser a casa mais estreita do Porto.

Vejam só, esta casa passa realmente despercebida! A casa tem basicamente a largura da porta, tendo ainda duas janelas acima dela. O nome Casa Escondida assenta, de fato, nem uma luva.

A fachada da Igreja do Carmo


Na fachada da Igreja do Carmo destaca-se a imagem de Santa Ana. 


Também destacam-se nesta belíssima e cuidada fachada os profetas Elias e Eliseu, que ladeiam a porta de entrada.


Na topo da igreja podemos ver as figuras dos quatro evangelistas, Mateus, Marcos, Lucas e João.

A fachada da Igreja dos Carmelitas

A fachada da Igreja dos Carmelitas é caracterizada por três entradas em forma de arco, sobre as quais se encontram as imagens de, respetivamente, São José, Nossa Senhora do Carmo e Santa Teresa de Jesus.

É triste constatar, pelos sinais de sujidade apresentados, que o revestimento de azulejo da torre sineira não ser tão bem estimada e cuidada como o da igreja geminada, quase parecendo o parente pobre deste valiosíssimo complexo de igrejas. Não entendo muito bem o motivo de o ser, encontrando-se lado a lado... ah, ok, quase ia-me esquecendo, existe uma casa a separá-las..



↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

Se gostaram, mantenham-se atentos à próxima publicação sobre o "Porto - O belíssimo painel de azulejo da Igreja do Carmo e mais curiosidades"

Posts desta publicação: ----  Parte 1    ----    Parte 2    ----    Parte 3


Já agora, aproveitem e consultem também outros artigos aqui publicados sobre o Porto:

↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

Para lerem mais sobre as Igrejas do Carmo e dos Carmelitas, podem consultar as seguintes ligações externas de referência:
↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

Comentários