>>>> Comporta - Seduzidos pela curiosidade...(parte 2/3)

À Entrada da Praia da Comporta


Antes de entrar no areal, existem uns placards, que conseguem atrair a atenção dos mais curiosos. Claro que foi o nosso caso!


Infelizmente, alguns já não se encontram nas melhores condições para uma leitura atenta...


Muitos destes placards apelam à nossa consciência ambiental, em particular, à importância de mudança de hábitos e de tentar "desplastificar", devido ao efeito nefasto do plástico no ecossistema. Também neste âmbito é sempre bom recordar a famosa regra dos 3 R's: Reduzir, Reutilizar e Reciclar.


Já sabemos que o plástico é um dos grandes problemas ambientais. De acordo com estas informações, 80% de todo o lixo marinho é constituído por plástico, estimando-se que todos os anos 8 milhões de toneladas de plástico vão parar ao oceano! Impressionante! Assustador... mas nada de novo... quem já não ouviu falar na gigante Ilha de Lixo do Pacífico, ou na Grande Mancha de Lixo do Pacífico. Estima-se que esta ilha de plástico flutuante no Pacífico Norte seja  mais de 17 vezes maior que Portugal Continental, Madeira e Açores... E não se pense que seja uma situação exclusiva! Todos os oceanos têm lixo flutuante, mas neste caso é o maior.

De acordo com o "TOP 10 do Lixo Marinho em Portugal" exposto no placard, houve dois elementos que não me ocorriam e que têm direito a ocupar as primeiras duas posições deste ranking triste e preocupante: as beatas de cigarros e as cotonetes! Temos ter mais consciência do que andamos a fazer ao nosso ambiente!

Já agora, para quem usa cotonetes: Já existem em versão de papel e não se dá conta pela diferença, a não ser o nosso planeta! Nas próximas compras percam 1 minuto a encontrar esta versão da famosa cotonete! E de acordo com os médicos, o melhor até era não as usar...


Existem ainda junto à entrada, não um, nem dois, mas sim 3 bares/restaurante em cima do areal da praia. Dois à direita do passadiço e um à esquerda.


O estabelecimento mais à direita é o Comporta Café, que se encontra neste local desde 2002 O estabelecimento de cor azul-bébé é o Mosquito Bar.


À esquerda do passadiço, está o Ilha do Arroz, que também se encontra aqui desde 2002.


Podemos deduzir, que se trata de uma praia muito concorrida, havendo espaço para os 3 estabelecimentos fazerem negócio. Tanto o Comporta Café como o Ilha do Arroz nasceram no âmbito da requalificação da praia da Comporta, como consequência da implementação do Plano de Ordenamento da Orla Costeira Sado-Sines.


Como não frequentámos nenhum, não vos posso aconselhar nesse sentido. Já sabem, vimos sempre apetrechados, desta vez com o lanche da manhã, porque ao almoço fomos a casa. É sempre mais económico... Porém, posso adiantar, que para poderem degustar das especialidades do Comporta Café, o melhor é reservar logo quando chegam pela manhãzinha, senão torna-se muito complicado conseguirem vaga.


 O Ilha do Arroz, que fica em cima de uma duna, como o próprio nome induz, oferece variadíssimos pratos confeccionados com base no ingrediente mestre, o arroz. O Mosquito Bar é o mais económico dos 3, sendo mesmo assim não propriamente barato... aqui o ponto forte são as sandes e baguetes, etc...


Achei muito curioso a existência de um quiosque. De fato, um quiosque na praia é algo de excêntrico e muito interessante! Deveriam existir muitos mais na nossa costa portuguesa, servindo de muleta aos mais distraídos, que se esquecem de uma revista ou de um jornal, para se entreterem, enquanto desfrutam dos ares do mar.

Na Praia da Comporta

Aqui até à passadeira vermelha tem-se direito!

Os guarda-sóis, toldos, redes de baloiço, espreguiçadeiras e camas da área concessionada, também ajudam a compor a moldura da imagem de marca de um ambiente paradisíaco e de qualidade superior. Somos naturalmente levados para o relaxe, o descanso, um ambiente deveras zen!


Considerando as infraestruturas, é realmente uma praia paradisíaca!

Quem vem para usufruir de todo o serviço disponibilizado pelos concessionários, entendo que se trate de um destino de excelente qualidade!

Como já nos damos ao luxo de ter férias em família, não nos podemos permitir mais estes extras... e assim, estendemos as nossas toalhas no extenso areal, longe de extravagâncias, felizes por podermos aproveitar esta bela manhã de praia em família!


Conforme o tempo ia passando, cada vez vinham chegando mais veraneantes para usufruir de um dia de merecido descanso.


Apesar do areal ser muito amplo, rapidamente ficamos cercados por várias famílias e amigos. Não ficando apertados, estávamos todos muito próximos. Tão próximos que começamos a levar com o fumo do tabaco dos vários vizinhos...
Os fumadores não me levem a mal, mas vou sobretudo para a praia porque a pediatra assim o aconselha e a alergologista dos meus filhos também. Pois, ambos têm problemas respiratórios... Tentar proporcionar um ambiente saudável, junto à praia, e levar com o fumo dos outros é simplesmente desesperante... fico mesmo incomodada e revoltada!


Também é evidente, que o povo não liga muito às recomendações para evitar a exposição ao sol entre as 11h e as 17h. Pois, quando estávamos de partida, por volta das 11h, ainda vinham muitos a chegar.. penso com o intuito de ficar na praia até ao fim do dia...


Até percebo quem venha de longe, chegue um pouco antes da hora de almoço, e para aproveitar bem o dia, prefira levar a marmita e ficar todo o dia na praia... Mesmo assim, quando não temos alojamento, optámos sempre por ir da parte da manhã ou da parte da tarde, rendendo mais o tempo na praia no período da tarde. Escolhas...


Inicialmente, os meus filhos até acharam graça à praia, por ter um pouco de ondulação, ao contrário da praia que estávamos a frequentar em Tróia. No entanto, o encanto foi passageiro, pois a onda fazia um remoinho de areia, deixando de ter piada.


Apesar destes contratempos, divertímo-nos e ficamos a conhecer mais uma praia da nossa extensa costa! 


Cada local tem os seus prós e contras, e com as praias não é diferente. Os próprios prós e contras dependem muito do gosto de cada um, e do que cada um valoriza.


A praia da Comporta tem sem dúvida muitos pontos fortes, mas mesmo assim, não se tornou nossa praia de eleição.



↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

Se gostou, espreite os outros posts desta publicação ">>>> Comporta - Seduzidos pela curiosidade..."

Posts desta publicação: ----  Parte 1    ----    Parte 2    ---- Parte 3



↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

A visitar nos arredores:

↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!


Para lerem mais sobre a Comporta, podem consultar as seguintes ligações externas de referência:

↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!



Comentários