>>>> Praga, República Chega - Série "A não perder..." (2 - Zona do Castelo na colina Hradcany)


********************* Margem Esquerda do rio Moldava, zona oriental *****************

Zona do Castelo na colina Hradcany, local de fundação da cidade de Praga

(1) Palácio Lobkowicz


Junto à entrada do castelo encontra-se este magnífico palácio que foi residência de uma poderosa família católica com o mesmo nome. Atualmente é lugar de exposição da história checa, sendo ainda um grande ponto de atração as bíblias iluminadas. Tem também uma cópia das jóias da coroa.

(2)   Castelo de Praga


A Entrada Principal na zona do castelo é assinalada por 2 gigantes de pedra que representam titãs em luta e dá acesso ao primeiro pátio. O Castelo está coroado pelas flechas da Catedral de São Vito.


A área do castelo totaliza mais de 72,5 mil metros quadrados, sendo por isso considerado o maior castelo do mundo, segundo o Guinness World Records Book. Não se estranhe por isso o grande números de atrações turísticas que se centram nesta zona do Castelo...zona de palácios, igrejas e jardins do castelo!


De acordo com os locais assinalados no bilhete de acesso ao Castelo de Praga, podemos visitar: (1) Catedral de São Vito; (1A) Torre Principal da Catedral; (2) Palácio Real; (3) Basílica de São Jorge; (4) Torre de Pólvora; (5) Beco Dourado.

↪ Capela da Cruz

No passado era a sede principal dos reis checos e imperadores do Sacro Império Romano-Germânico, como de Carlos IV e Rodolfo II de Habsburgo.



Reuniu-se um grupo de pessoas, ao qual nos juntámos para assistir ao render da guarda do castelo.


(3) A Catedral gótica S. Vito é muito grande!


Esta catedral levou mais de 500 anos para ser construída, tendo começado a sua construção em 1344. É a maior igreja da República Checa!


A torre mais alta mede 99 metros e as torres gémeas medem 80 metros.


Sigismundo é o sino de 16 toneladas da Grande Torre, o maior da República Checa, que data de 1549. Para o fazer tocar são necessárias 4 pessoas...


O Portal Dourado é uma arcada tripla que era a entrada principal para a catedral até a entrada ocidental ser concluída.


No interior, um dos destaques são os vitrais.


Pode-se visitar a cripta, onde se encontram os túmulos dos Imperadores Romanos da Boémia, tais como Carlos IV, Venceslau IV e Rodolfo II, assim como as Jóias da Coroa.


Foi o local de coroação dos reis da Boémia.

(4) Loreto, é um santuário barroco dedicado à Virgem Maria


O Loreto destaca-se pela sua torre branca. O seu carrilhão foi oferecido por um mercador de Praga em agradecimento por a sua filha ter sido curada por intercessão da Nossa Senhora do Loreto.


Entrando, no centro deste santuário, está a Santa Casa. Trata-se de uma das réplicas mais fieis da Santa Casa em Loreto, na Itália. A Santa Casa foi a casa na Nazaré (entretanto mudada para Loreto, Itália), onde se acredita, que a Virgem Maria foi visitada pelo Anjo Gabriel, que lhe anunciou que iria dar à luz o Filho de Deus.

Existem várias curiosidades no interior, pelo que aconselhamos a visita. Nós fomos!

 
Até comprámos um livrinho em inglês, visto que o português é muitas vezes uma miragem... penso que na altura não era permitida a captação de fotografias no interior... pois não temos nenhuma...

Assim, além da Santa Casa, existe uma capela de Nossa Senhora das Dores, onde se encontra uma imagem de uma mulher portuguesa com barba, crucificada. Reza a lenda que Vilgefortis era uma jovem do século VIII que rezava para ter uma aparência masculina e assim conservar a sua castidade, visto o seu pai a ter prometido em casamento. O noivo desistiu do casamento e o seu pai furioso mandou-a crucificar.


Outro ponto de grande interesse no Loreto é a lindíssima Igreja da Natividade, em estilo barroco, na qual o ponto mais invulgar é a existência de dois esqueletos, nomeadamente de São Felicissimus e Santa Marcia, vestidos e com máscaras de cera.

Finalmente, muito conhecido, e sendo o objeto mais valioso da coleção do tesouro do Loreto, é o "sol de Praga". Trata-se de uma custódia de diamantes com a forma de sol, feita de prata dourada em 1699. Pesa mais de 12 quilos e é decorada com 6222 diamantes. A base contém a figura da Virgem Maria com uma coroa de raios.

(5) Beco Dourado ou Rua do Ouro

Não chegámos a passear por aqui, mas para quem conseguir, deve integrar esta visita no seu plano.
As casas aqui construídas no final do século XVI serviam de residência aos 24 guardas do castelo. Entretanto, no século seguinte, estas casas foram modificadas e ocupadas pelo grémio de ourives, que ficou aqui durante séculos... talvez daí o nome da rua...Entretanto no século XIX, as casas passaram a alojar mendigos e delinquentes. Já no século XX procedeu-se ao desalojamento para transformar as casas em lojas de produtos típicos.

Nesta rua pitoresca viveu no número 22, durante um curto período, Franz Kafka. Ainda assim, foi nesta pequena casa que escreveu a sua obra "O Castelo" em apenas 6 meses no ano 1922. Um dos mais conhecidos autores checos que escreveu sempre em alemão, apesar de se defender que ele também dominava o checo! Nasceu no dia 3 de julho de 1883 em Praga, na altura pertencente ao império austro-húngaro. A sua família pertencia à classe média judaica. A maioria da comunidade judaica de Praga falava em alemão. Confidencia ao seu amigo escritor, Max Brod, que depois da sua morte gostaria que toda a sua obra fosse destruída. Veio a falecer a 3 de junho de 1924 num sanatório de Klosterneuburg, perto de Viena, vítima de tuberculose. Seu corpo foi trasladado para Praga, onde está sepultado no novo cemitério judeu.
Só após a queda do comunismo na Checoslováquia em 1989, é que as obras de Kafka foram traduzidas para checo, sendo até então proibidas, por Kafka ser considerado um reacionário.

(6) Basílica e Convento de São Jorge


A cor avermelhada chama a atenção, mas é fidedigna com o original que data de 921. Trata-se do edifício de estilo românico mais bem conservado da República Checa. 


Junto à igreja encontra-se a Basílica de São Jorge. Este convento beneditino é o mais antigo convento de toda a Boémia e alberga atualmente coleções de arte antiga da Galeria Nacional.

(7) Palácio Schwarzenberg


Mais um palácio da família Lobkowicz que data do final do século XVI. É um dos edifícios renascentistas mais importantes de Praga. Atualmente é a sede do Museu Militar, um dos maiores da Europa.

(8) Descer a encosta pelos degraus do Castelo 

Vale a pena pelas vistas...



↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

Se gostou, fique atento aos próximos posts desta Série >>>> Praga, República Checa - "A não perder...":

Todas as fotos aqui publicadas e muitas mais já partilhámos nos Momentos Flash - Série "Toca a zarpar!" em Praga! Consulte!

↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

Para ler mais sobre Praga, podem consultar as seguintes ligações externas de referência muito interessantes que ajudam a planear uma visita a praga ou simplesmente a conhecer melhor esta magnífica cidade:

Comentários