Série: Travessia da Ponte 25 de Abril - (1/6) Atravessar a pé ou de autocarro turístico, eis a questão...


Aquando da visita ao Santuário Nacional de Cristo Rei, o meu olhar deparou-se com isto...


...fiquei um pouco intrigada. Ok, autocarros turísticos aqui faz sentido... mas da TST? Desconhecia. Por sinal com um design muito catita... com o letreiro "Ponte 25 de Abril - Cristo Rei"... fui investigar...


Trata-se de um circuito turístico de cerca 2 horas, num autocarro descapotável da TST, com partida da Praça do Marquês de Pombal e com destino ao Santuário Nacional de Cristo Rei, atravessando a Ponte 25 de Abril. Esta oferta turística foi lançada no verão de 2015 pela TST, Transportes Sul do Tejo, e o operador turístico Cityrama Gray Line Portugal. Os bilhetes podem ser adquiridos a bordo ou reservados através dos hotéis associados.


Sem dúvida, uma opção muito convidativa. Porém, nós já atravessámos por 2 vezes a Ponte 25 de Abril também de uma forma fantástica... a pé! Juntamente com mais umas 35 mil pessoas.... :) ... sim, não me enganei, são à volta de 35.000 participantes de Portugal e do estrangeiro que anualmente se inscrevem na Meia Maratona de Lisboa...

(2004)

Mas para quem não tem esta maravilhosa oportunidade de atravessar a ponte a pé, poderá sempre optar por este meio de transporte deveras apelativo...

(2004)

Como já referi, já fizemos esta travessia a pé por 2 vezes, integrados na Meia Maratona de Lisboa sobre a Ponte 25 de Abril, que é a maior prova de atletismo em Portugal:
  • da 1ª vez, em 2004, os meus filhos ainda não eram nascidos; fomos os 2 com mais um grupo de amigos; 
  • da 2ª vez, já fomos os 4, em 2015, 11 anos depois e muitíssimo bem acompanhados!
(2004)
(2015)

Há muitos que não falham nenhuma maratona, marcando presença assídua nas diversas maratonas que se realizam ao longo do ano em Portugal, incluindo nesta. Tal não é o nosso caso.

(2015)

Em ambas as ocasiões participámos apenas na mini maratona, ou seja, no percurso de 7 km. Não tínhamos estofo para a meia maratona de 21 km, na qual já não se "brinca". É para os corajosos que já se aguentam a correr ao longo do percurso, ou pelos menos tentam...!  :) Muitos preparam-se afincadamente ao longo do ano para conseguirem cortar esta meta!

(2015)

É também muito bonito de se ver! Estou-me a referir quando estou em casa a acompanhar pela TV, sentadinha no sofá, a ver no início da prova os profissionais e os amadores, tudo a correr, lado a lado, nesta linda meia maratona, grande evento desportivo anual da capital!

(2004)

E como um evento desportivo que é grande em todas as dimensões pensa também em grande, de uma forma universal e integradora, pretendendo proporcionar a todas as idades e a todas as condições físicas, um momento desportivo fabuloso! Assim, neste evento, há lugar para as mais variadas provas, tendo cada uma o seu percurso específico: além da meia e da mini maratona, existe atualmente também: a prova dos mini campeões, a wheelchair racing, o passeio da família. Este último deve estar a substituir o passeio que era designado por "Passeio de Avós e Netos"...

(2004)

Como já deu para perceber, eu sou fã da mini maratona, que vai desde a Ponte 25 de Abril a Belém! É realmente maravilhoso, desde o início até ao fim, sempre na presença de momentos altos, marcados no início pela emblemática ponte de Lisboa e no fim por um edifício monumental, o Mosteiro dos Jerónimos!

(2004)

O nosso objetivo, como o de milhares de participantes, é de desfrutar e usufruir da Ponte 25 de Abril como transeunte, visitante, explorador,...! Situação apenas possível de concretizar uma vez por ano, neste grande evento, quando o trânsito é cortado aos milhares de automobilistas que atravessam esta ponte diariamente!

(2015)

A meia maratona é uma festa com muito boa disposição que conta com música e muita animação, juntando famílias, amigos e colegas de trabalho...

(2015)
(2015)
(2015)

tudo registado pela câmara de televisão...

(2015)
(2015)
↪ Até um avião nos quis sobrevoar... :)

e sob o olhar atento das autoridades:

(2004)
(2015)
(2015)

Porém, existem muitos atletas profissionais de topo que marcam a sua presença nesta Meia Maratona com objetivos menos lúdicos e com a intenção de vencer esta prova. Não é por acaso que é a Meia Maratona de Lisboa sobre a Ponte 25 de Abril que detém, até à data, o recorde mundial na distância de 21 km com o tempo de 00:58:23 conseguido pelo eritreu Zersenay Tadese em 2010, arrecadando o mesmo um prémio de 50 mil euros (noutros tempos já foi de 100.000 euros). Este percurso estende-se de Algés até ao Mosteiro dos Jerónimos.

(2004)

E já que falei em recordes mundiais, fica também aqui o registo que em 2016, esta meia maratona foi outra vez lisonjeada com mais 2! Desta vez, os heróis foram David Weir e Rochelle Woods, ambos atletas britânicos, na prova da cadeira de rodas!

(2015)

Assim, existem muitos propósitos para participar nesta maratona, dos mais lúdicos e descontraídos, aos de competição profissional, todos eles aceites, respeitados e integrados...

(2004)
(2015)

Seja para bater um recorde pessoal, para tentar ganhar a maratona, ou simplesmente para ter um dia diferente ...

(2015)

Para nós é pelo passeio, pela experiência memorável de podermos atravessar a Ponte 25 de Abril a pé, pelo convívio, pelas imagens da ponte e do redor, para desfrutar da ponte, para ter a ponte apenas por nossa conta, dos peões, e não do parque automóvel....!

(2004)
(2015)

Vamos ao nosso ritmo...
(2004)
(2015)
(2015)
ora correndo, ora andando...
(2015)
(2015)
(2015)

...podendo fazer as paragens que nos apetecer...
(2004)
(2004)
(2015)
(2015)
(2015)
(2015)

...para descobrirmos detalhes da ponte...
(2004)
(2004)
(2004) 
(2004)
(2015)
(2015)
(2015)
(2015)
(2015)
(2015)
...para nos deslumbrar com as vistas (não tanto com as fotos... a máquina não tinha grande qualidade, e sim, os fotógrafos, também pecam um pouco... :)   )

(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2004)
(2015)
↪ Apesar do tempo ter estado muito melhor para passeios e fotos em 2015 (e termos uma máquina fotográfica melhor), o nosso foco nesse ano foi outro... :) como se constata pelo número de fotos panorâmicas tiradas, comparativamente com 2004...

Ainda nós estávamos a desfrutar a 100% desta oportunidade de atravessar a ponte a pé, já muitos o tinham feito, aproximando-se mais depressa da meta final...

(2004)
(2004)
(2004)
Prestes a sair da ponte...
(2015)

(2015)
(2004)

Fantástica prova, emoldurada pela ponte, o olhar carinhoso do Cristo Rei que neste dia abraça todos os participantes!


Consulte as outras publicações da Série: Travessia da Ponte 25 de Abril (Mini Maratona):

↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

A visitar nos arredores:

↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝↝ Toca a zarpar!

Para ler mais sobre o tema deste post, podem consultar as seguintes ligações externas de referência:


Comentários